infonauta

Diário de bordo de Sergio Mari Jr.

Sumário X

10 anos em 10 vinhos

Publicado em: 24/02/2015
Por: Sergio Mari Jr.
Comentários: 0

Em janeiro de 2015 a Cedilha Comunicação Digital completou 10 anos de atividade.

Há algum tempo comecei a selecionar e guardar uma garrafa de vinho para cada ano de atividade completado pela empresa

Gostaria de pedir licença dos temas corriqueiros para apresentar cada um desses vinhos aqui. Abaixo vou linkando aqueles sobre os quais já escrevi.

2005 | 2006 | 2007 | 2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014

In vino veritas.

Pesquisa sobre Redes Sociais

Publicado em: 05/12/2014
Por: Sergio Mari Jr.
Comentários: 0

Olá,

Estou colaborando com uma pesquisa que tem como objetivo compreender como estamos utilizando o recurso das timelines em nossas redes sociais.

Você usa o Facebook ou o Twitter?

Caso positivo ficaríamos muito felizes se você pudesse participar!

Acesse: http://goo.gl/forms/oiOi57PVG7

História mal contada

Publicado em: 04/12/2014
Por: Sergio Mari Jr.
Comentários: 0

O PT sempre quer comparar os governos de Lula e Dilma com os governos de FHC, ou seja, se comparam com o governo passado.

Nesse cenário criado pelo PT, FHC só tem o direito de ter seu governo comparado com o governo futuro. Ou seja, ele é sempre comparado com o governo que viria depois dele.

Acredito que esse futuro só existiu por que FHC existiu no passado, mas isso ninguém quer discutir, então procuro pensar nessa questão também de outro modo:

Quanto mais a gente volta no tempo mais as coisas se deterioram. Se formos voltando o calendário chegaremos a um tempo em que as pessoas eram escravizadas, queimadas em fogueiras ou moravam em cavernas. Ainda há disso hoje em dia, mas em geral o tempo passa e as coisas melhoram.

Por isso creio que seria mais coerente, ético e honesto comparar o governo FHC com os governos passados em relação ao seu. Que seria mais justo comparar o que mudou no Brasil entre os governos do PT e os governos do PSDB com o que mudou entre os governos do PSDB e os governos Collor e Sarney.

A comparação justa, na minha humilde lógica, seria Sarney -> FHC com FHC -> Dilma.

Quando o Brasil melhorou mais? Qual dos dois períodos fez mais diferença na vida do brasileiro?

Penso que nos dois períodos houveram avanços e que um novo governo do PSDB também traria avanços enquanto que a continuidade do PT retardaria o amadurecimento da nossa democracia.

É por isso que vou de Aécio.

Schopenhauer e o debate eleitoral no Brasil

Publicado em: 24/11/2014
Por: Sergio Mari Jr.
Comentários: 0

Arthur Schopenhauer tem um livro intitulado "Como Vencer um Debate Sem Precisar Ter Razão". Faz tempo que li mas se bem me recordo ele apresenta 48 estratégias para isso.

Nessa eleição aprendemos a 49ª:

Quando a coisa apertar escolha aleatoriamente uma das frases ou palavras abaixo e a lance subitamente, de preferência interrompendo a fala do outro:

Ah, mas cuidado... De acordo com as pesquisas essa estratégia só funciona em 50% dos casos, com 2% de margem de erro e 95% de confiança.

Blackfraude de novo?

Publicado em: 21/11/2014
Por: Sergio Mari Jr.
Comentários: 0

Objetivo da Blackfriday nos EUA: limpar os estoques de produtos antigos ou que que sobraram das vendas para o dia de ação de graças, principalmente nas lojas físicas, para abrir espaço para os produtos novos que serão vendidos no natal.

Objetivo da Blackfriday no Brasil: testar novas formas de enganar o consumidor e, se possível enganá-los de fato, principalmente no comércio eletrônico onde isso é mais fácil, e danem-se os estoques e o natal.

A Black Fraude desse ano parece ser a seguinte: a loja coloca um produto bem barato, irresistível. Você faz o pedido mas ela não confirma a compra imediatamente a conclusão da compra alegando que está com muitos pedidos... Apenas a noite ou talvez amanhã ela vai te enviar um e-mail dizendo que infelizmente não foi possível atender ao seu pedido devido à grande procura por aquele produto. Assim você ficou com sua grana presa naquele pseudo pedido e não pode fazer uma compra de verdade em outra loja. Tipo: "se não compra comigo não vou deixar comprar com mais ninguém".

Mais: 1 2 3 4 5 6